sábado, 9 de janeiro de 2010

Homenagem a Dra. Brenda Kalil ...

Nós da família “Naradeva Shala” e do Mandalam do Suddha Dharma "Ashram Sarva Mangalam" com o coração consternado comunicamos que hoje, dia 09 de janeiro de 2010, nossa querida Brenda Kalil amiga leal e excepcional profissional, alcançou o seu Maha Samadhi; amiga de jornada, médica, professora, foi convocada pelos planos superiores a dar continuidade a sua caminhada em luz, deixando em todos aqueles que tiveram a oportunidade de convívio, a lembrança de seus ensinamentos, sua personalidade, de sua autenticidade, e o vazio que fará em nossa breve passagem por este plano; contudo temos certeza que no seu devido momento estaremos juntos novamente.

Sua vida durante esses 07 anos de convivência de amizade e trabalho nos foi pra nós um exemplo. Sendo portadora de Diabetes, por mais de 15 anos convivia com a doença sem o uso de remédios convencionais utilizando-se somente do Ayurveda para controle e manutenção de saúde.

A opção e escolha consciente por viver melhor com os recursos e sabedoria apreendida em meditação e pelo Ayurveda, a forma autentica de expressar sua opinião, sua incessante dedicação à pesquisa e aos estudos, sua beleza que transbordava força, bom-humor, vitalidade e verdade e sua amizade e lealdade durante todos esses anos, são nesse momento, nossa dádiva e fonte de inspiração para meditação. Uma grande oportunidade para nos tornarmos seres melhores diante de seu legado.

Peçamos aos Deuses e à Danvantari que seu estilo de vida, sua forma de encarar a vida e de compreender o Ayurveda nos recaia em compreensão profunda, para que possamos dar continuidade expandindo a todos a nossa volta a possibilidade de uma vida mais plena, feliz e autentica.

Convictos de sua missão cumprida e de sua chegada em "Badari Vana" em êxtase espiritual, saudamos nossa irmã na Luz do Coração,

OM NAMO NARAYANAYA
OM NAMO NARAYANAYA
OM NAMO NARAYANAYA

O cerimonial de despedida ocorrerá no Hospital Sírio Libanês - Rua Dona Adma Jafet, 91 – CEP: 01308.050 – Bela Vista – São Paulo/ SP – Tel: 11- 3155 0900/ 3155 0200 – Velório: Sala 02

“Tal como uma pessoa se desfaz de velhas roupagens e se veste com outras novas, assim o Principio de Vida abandona os veículos desgastados e novamente toma outros”. Bhagavad Gita 21.17





Um breve história da Brenda Kalil, publicado no SAESP:

“A vocação para se tornar médica já estava visível desde os cinco anos de idade, quando interpretava em suas brincadeiras acolhimento aos “pacientes”, além da realização de procedimentos cirúrgicos (todas as bonecas eram operadas). Desde então, seguiu firme em seu caminho.

Nascida em 1957, em Recife, concluiu em 1979 o curso na Fundação Educacional Serra dos Órgãos, em Teresópolis. Fez residência no Hospital de Ipanema e especialização para anestesia em cirurgia cardiovascular (Cnpq) no Servidor Público Estadual do Rio de Janeiro. O que a levou à anestesiologia foi a não-aceitação do sofrimento físico: “Adoro tudo o que posso anestesiar para espantar a dor”, conta.

Há mais de 17 anos trabalha na UNIFESP e na COMASP. Na primeira, atua como médica anestesista e pertence ao Grupo de Hipertemia Maligna – CEDIMA (grupo de estudos e avaliação). Na segunda, é presidente da Comissão de Defesa de Ética.

Desde janeiro de 2008, atua como membro da Comissão da Defesa de Classe da SAESP e, somando mais de 28 anos de profissão, dra. Brenda acredita que na carreira médica não há um único momento marcante, todos o são.

Casada com o comerciante Roberto Kalil há 7 anos e mãe de Armênio Clóvis Jouvin Neto, de 28 anos, formado em Direito, tem certeza de que já cumpriu o seu papel e que agora pode planejar a sua aposentadoria e dedicar-se integralmente aos estudos da AYURVEDA e meditar.

4 comentários:

  1. O plano superior vai ganhar muito....

    ResponderExcluir
  2. Registro minha Admiração, meu Amor, meu Carinho e muito Respeito!
    Estes não somente à Dra. Brenda Kalil, bem como a toda, que considero tbém minha, a família Suddha Dharmista do Ashram SarvaMangalam.

    Namaste

    ResponderExcluir
  3. Realmente uma surpresa que não foi nada agradável! Ainda na passagem do ano novo (31/12), quando nos vimos pela última vez, não parecia que aquela seria a última.
    Até um próximo encontro, Brenda!
    À Família Suddha, ao Roberto e ao filho Armênio, nossos sinceros e fraternais sentimentos
    (ass.) Manorma e Jaimini.

    ResponderExcluir
  4. Um vazio imenso ainda está em meu coração pela imensurável saudades de seus abraços e beijos carinhosos...
    Minha querida amiga, professora e mãe de "coração"... é com lágrimas que deixo meu amor sempre gravado... mas com a certeza de que suas lindas obras estarão sempre resplandescendo neste mundo terreno. Com a plena segurança de que está acolhida por todos os mentores.
    Querida Brenda eu te amo e sempre te amarei,
    Querid Roberto , Clóvis meu carinho sempre.
    Tati

    ResponderExcluir